As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Affonso Uchôa e Kleber, os dois muito bem na fita

Luiz Carlos Merten

26 de julho de 2019 | 14h32

No quilométrico post de ontem sobre as revistas estrangeiras, faltou informar que – 1) Film Comment, sempre atenta à produção de Affonso Uchôa e João Dumans, a dupla do excepcional Arábia, fala maravilhas sobre Sete Anos em Maio, com que ambos prosseguem a investigação sobre a classe trabalhadora no Brasil, em especial do plano sequência de 25 minutos de Rafael Dos Santos Rocha, que imagino seja o protagonista e no qual ele narra suas experiências como drogado e com a brutalidade da polícia, para a qual, só por ser pobre, já é suspeito (de quê?); e 2) Sight & Sound, no texto de capa sobre Cannes, apresenta as listas de melhores filmes do festival por seus enviados especiais, todas as seções incluídas, e Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, está muito bem nas duas. Mas o que mais me surpreendeu é que tanto Isabel Stevens quanto Nick James colocaram no topo dos dez, number one, Portrait d’Une Jeune Fille en Feu, da francesa Céline Sciamma,. que venceu o prêmio de roteiro. O sul-coreano Bong Joon-ho, que ganhou a Palma com Parasite, ficou em segundo para Isabel e terceiro para James, que colocou como segundo outro francês, Bertrand Bonello, por Zombi Child.