As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

À espera

Luiz Carlos Merten

15 Janeiro 2015 | 11h28

RIO – Cá estou, na sucursal do Estado, e no Rio desde terça. Teoricamente, estou em férias, mas ainda não consegui parar. Ou seja, estou como gosto. Mudei de ares, num hotel com vista para o mar, mas todo dia tenho vindo à sucursal para fazer entrevistas, redigir matérias. Na terça À noite, fui ao lendário Beco das Garrafas para ver a versão pocket de Elis, o Musical. O próprio Mieli estava na plateia, foi como entrar num túnel do tempo, tentando imaginar como tudo começou. E agora, aqui estou, à espera do anúncio do Oscar. Fiz um texto para o Caderno 2 de hoje. Há muito que o Globo de Ourto deixou de ser indicador dos prêmios da Academia, e hoje os prêmios das guilds, os sindicatos, talvez sejam as bóssolas. Mas com certeza Boyhood e O Grande Hotel Budapeste serão indicados, e todos aqueles atores e atrizes que venceram o Globo. O SAG Award, o prêmio do sindicato, listou as cinco indicadas de drama no prêmio da Associação de Correspondentes Estrangeiros, mas não creio que o Oscar vá deixar de fora Amy Adams, que ganhou como melhor atriz de comédia, por Grandes Olhos. Como vai ser? E Invencível, de Angelina Jolie, do qual gosto tanto? Daqui a pouco, termina o suspense.