Prêmio Carlos Gomes – vencedores

João Luiz Sampaio

12 de maio de 2009 | 13h53

Foi entregue ontem o Prêmio Carlos Gomes, em uma gostosa cerimônia na Sala São Paulo, desenhada para valorizar os indicados e premiados, objetivo alcançado. Não houve grandes surpresas na premiação – “O Castelo do Barba-Azul” e “Sansão e Dalila” foram os principais vencedores nas categorias ligadas à ópera; a Osesp levou mehor orquestra; a premiação de Denise de Freitas e Leonardo Neiva é prova da renovação do nosso canto lírico. Da mesma forma, foi bom ver novas categorias dedicadas a profissionais importantes sempre deixados em segundo plano – cenógrafos, figurinistas, iluminadores. John Neschling levou o Troféu Guarany pelo conjunto do trabalho de 12 anos com a Osesp mas, em Buenos Aires, não compareceu – e não mandou representante. A grande vencedora da noite, no entanto, foi a música brasileira, que voltou a ter uma premiação dedicada a seus artistas. Que venha 2010!

Solista Instrumental
Sonia Rubinsky
Regente
Fábio Mechetti
Conjunto de Câmara
Quinteto Villa-Lobos
Orquestra Sinfônica
OSESP -Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo
Cantor Solista (empate)
Leonardo Neiva
Rodrigo Esteves
Cantora Solista
Denise de Freitas
Regente de Ópera
Luiz Fernando Malheiro
Direção de Cena
André Heller-Lopes
Figurino
Fábio Namatame
Cenário
Daniela Thomas
Iluminação
Caetano Vilela
Espetáculo de Ópera
O Castelo do Barba-Azul
Troféu Guarany
John Neschling

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.