Pianista protesta contra os EUA

Pianista protesta contra os EUA

João Luiz Sampaio

28 de abril de 2009 | 13h32

O pianista polonês Krystian Zimerman provocou surpresa no fim de semana quando, durante um concerto no Disney Hall, em Los Angeles, dirigiu-se à plateia e disse que aquela seria sua última apresentação nos Estados Unidos, em protesto pelas atividades militares norte-americanas mundo afora. “Tirem as mãos de meu país”, disse, referindo-se a recentes posturas militares com relação à Polônia. Em seguida, interpretou as “Variações Sobre um Tema Folclórico Polonês”, de Szymanowsky. Cerca de 40 pessoas deixaram o teatro após as declarações, ao que o pianista respondeu da seguinte forma: “Algumas pessoas, quando ouvem a palavra militar, já saem marchando”. Após o concerto, Zimerman foi ovacionado pelo público. O Los Angeles Times traz a matéria completa – e fala, entre outras coisas, dos problemas que o pianista enfrentou depois do 11 de Setembro para entrar nos EUA com seu piano.