Músicos protestam na Avenida Paulista contra cortes na cultura

Músicos protestam na Avenida Paulista contra cortes na cultura

Eles pretendem seguir até a Assembleia Legislativa, onde haverá reunião sobre o tema, e pedem revisão no corte de 23% no orçamento da cultura do Estado

João Luiz Sampaio

04 de abril de 2019 | 16h30

Um grupo de jovens músicos de orquestras e escolas de música do Estado de São Paulo está reunido no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, para protestar contra o corte de 23% no orçamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do estado. Eles pedem a manutenção das verbas e pretendem seguir em passeata até a Assembleia Legislativa, na região do Ibirapuera, onde foi marcada pelo deputado Carlos Giannazzi (PSOL-SP) uma assembleia para tratar do tema.

Na segunda-feira, o governador João Doria voltou atrás na decisão de contingenciar a verba do Projeto Guri, mas manteve o corte em outros 25 projetos, entre eles a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, a Escola de Música do Estado de São Paulo, a Pinacoteca, o Theatro São Pedro, as Fábricas de Cultura, o Museu do Futebol, o Conservatório de Tatuí e o Museu da Casa Brasileira.

Segundo a Associação Brasileira das Organizações Sociais de Cultura, o corte terá profundo impacto na atividade cultural do Estado. Em comunicado, a Abraosc afirmou que
“com o contingenciamento de R$ 148 milhões no orçamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, a estimativa é que haja fechamento e redução de atividades de museus, bibliotecas, orquestras, centros culturais, companhias de dança e programas de formação para crianças e adolescentes em todo o Estado”.

Tudo o que sabemos sobre:

música

Tendências: