Municipal do Rio cancela ópera por falta de verbas

Municipal do Rio cancela ópera por falta de verbas

João Luiz Sampaio

04 de agosto de 2012 | 15h15

Mais um golpe na temporada lírica brasileira. Depois do Teatro São Pedro que, após a demissão do maestro Julio Medaglia, não confirma a realização da temporada de óperas programada para o segundo semestre, agora é o Municipal do Rio que faz cortes em sua programação. Depoimentos de artistas ligados ao teatro dão conta do cancelamento da montagem de “A Viúva Alegre”, que seria apresentada em outubro, e de que não está certa a realização de “La Traviata”, atração de dezembro. A justificativa seria o “contingenciamento de verbas” que tem atingido toda a estrutura do governo do Estado do Rio, por conta de “problemas na arrecadação”, o que teria levado também à suspensão de diversos editais na área de cultura. No caso do Municipal, um agravante foi a necessidade de reforma de urgência por conta do desabamento do edifício Liberdade, nos arredores do teatro e seu prédio anexo, no começo do ano, o que adiou em alguns meses o início da temporada.

Tudo o que sabemos sobre:

la traviatamunicipal do rioviúva alegre

Tendências: