Maestro brasileiro vai substituir James Levine em concerto no Carnegie Hall

Maestro brasileiro vai substituir James Levine em concerto no Carnegie Hall

João Luiz Sampaio

01 de março de 2011 | 10h25

Norman Lebrecht, em recente post em seu blog, pede ao maestro James Levine que renuncie ao posto de diretor e regente da Sinfônica de Boston. Ele precisou, na semana passada, cancelar duas apresentações com a orquestra por motivos de saúde, sendo substituído, no comando da Nona Sinfonia de Mahler, por seu assistente. Segundo Lebrecht, que cita a imprensa local como fonte, o comportamento dos músicos (risadas, brincadeiras e piadas com o maestro durante o ensaio) mostra que a ausência constante de Levine está levando a uma crise de autoridade dentro do grupo. Seria hora, portanto, do maestro se afastar, pelo bem da orquestra. A lógica não é tão impecável quanto Lebrecht faz crer, obviamente, mas não deixa de reforçar a importância de um trabalho constante e cotidiano entre maestro titular e orquestra para que as coisas caminhem bem. Em Chicago, o mesmo anda acontecendo. Desde que assumiu, no meio do ano passado, Riccardo Muti tem dado azar: primeiro, foi um problema no intestino, que o afastou da orquestra até o fim de 2010; agora, no final de janeiro, Muti desmaiou durante um ensaio e precisou passar por cirurgia para reconstituir a face – não há previsão de seu retorno. Não há o que fazer perante fatalidades como essa. No entanto, entre seus cancelamentos e a agenda extensa que tem em outros países, o board de Chicago e o público, nos informa a imprensa local, já começam a sentir o peso da ausência de um diretor que foi trazido a peso de ouro depois de muita negociação. Enfim, a Sinfônica de Boston chega esta semana a Nova York para dois concertos no Carnegie Hall – e um deles será comandado por um jovem maestro brasileiro, Marcelo Lehninger, que vai reger o segundo concerto para violino de Béla Bartók e fará a estreia mundial do Concerto para Violino do compositor britânico Harrison Birtwistle, com solos de Christian Tetzlaff. É um nome no qual se deve prestar atenção.

Tudo o que sabemos sobre:

james levinemarcelo lehningerriccardo muti

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.