Filarmônica de Minas Gerais anuncia temporada 2013

Filarmônica de Minas Gerais anuncia temporada 2013

João Luiz Sampaio

26 de setembro de 2012 | 17h05

A Filarmônica de Minas Gerais saiu na frente e, às vésperas de partir em turnê pela América Latina, acaba de lançar sua temporada de assinaturas 2013. Serão 24 programas distintos, interpretados em 48 concertos. Há comemorações pelos bicentenários de Verdi e Wagner – a “Missa de Réquiem” e o primeiro ato da “Valquíria”, com Eliane Coelho como Sieglinde e o tenor Eduardo Villa como Siegmund. O ano será rico em pianistas: Benedetto Lupo toca o concerto de Dvorak; José Feghali, o nº 2 de Saint-Säens; Anna Vinnitskaya, o nº 2 de Bartok; Ricardo Castro, o primeiro de Brahms; Lilya Zilberstein, o nº 3 de Prokofiev; Angela Cheng, o nº 25 de Mozart; e Conrad Tao, o nº 1 de Britten. Outros solistas incluem os violoncelistas Antonio Meneses (concerto de Dutileux), Mark Kosower (concerto nº 1 de Ginastera) e Daniel Müller Schott (Sinfonia Concertante, de Prokofiev) e os violinistas Philippe Quint (peças de Corigliano), Chee-Yun (concerto de Glazunov), Kioko Takezawa (concerto de Brahms) e Nicolas Koeckert (concerto de Sibelius). Além do titular Fábio Mechetti, vão reger a orquestra os brasileiros John Neschling e Roberto Minczuk, além de Marcos Arakaki, Rossen Milanov e Maximiano Valdés. O repertório sinfônico tem obras de Shostakovich, Hindemith, Poulenc, Messiaen, Lutoslawski, Strauss, Stravinsky, Schoenberg, Cage, Mahler; entre os brasileiros, Guerra-Peixe, Amaral Vieira, Guarnieri, Villa-Lobos, Ernani Braga e Almeida Prado.

Mais detalhes no site da orquestra.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.