Enfim, o Mozart inédito

Enfim, o Mozart inédito

João Luiz Sampaio

03 de agosto de 2009 | 13h14

As partituras apresentada ontem/Reuters

A Fundação Mozarteum de Salzburgo mostrou ontem ao público a partitura inédita de Mozart, cuja descoberta havia sido anunciada há duas semanas. No site deles, você pode ver a partitura e ouvir a interpretação. Trata-se de um concerto para piano escrito por ele entre os 7 e 8 anos. Mostra, segundo especialistas, uma técnica virtuosística brigando com uma imaginação musical ainda pueril. A esperança é que ela traga novas luzes sobre o processo de criação do pequeno Mozart. Segundo a BBC, “as criações da infância – um longo movimento de concerto e um prelúdio fragmentado – são mais provas de que o garoto era um prodígio – e talvez um pouco exibido”. “Temos aqui o primeiro movimento orquestral do pequeno Mozart – mesmo que com as partes orquestrais perdidas – e portanto este é um importante elo perdido em nossa compreensão do desenvolvimento de Mozart como um jovem músico”, disse o presidente do Mozarteum, Ulrich Leisinger.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.