Diálogo

João Luiz Sampaio

12 de março de 2012 | 16h46

Diálogo ouvido pela coluna de Mônica Bergamo, da “Folha de S. Paulo”, durante a estreia da temporada da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp), na última quinta, na Sala São Paulo:

Carlos Augusto Calil, secretário municipal de cultura de São Paulo:
– Só um governo tucano tem um espetáculo desses.
Ana de Hollanda, ministra da cultura:
– Mas tem recurso federal.
Alberto Goldman, ex-governador de São Paulo:
– Querida, é lei de incentivo fiscal, não é recurso direto.
Andrea Matarazzo, secretário estadual de cultura:
– A orquestra é tucana!
Ministra:
– A orquestra é linda e não tem partido.

Não é de morrer de orgulho das cabeças pensantes da nossa cultura?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.