Arthur Nestrovski é o novo diretor artístico da Osesp; Tortelier é o regente titular

João Luiz Sampaio

08 de dezembro de 2009 | 11h56

O jornalista e músico Arthur Nestrovski é o novo diretor artístico da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). O maestro Yan Pascal Tortelier, por sua vez, foi confirmado no cargo de regente titular do grupo até o final de 2011. O anúncio foi feito hoje pela manhã na Sala São Paulo durante coletiva do Conselho da Fundação Osesp, presidido pelo ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. “Acabou a fase de transição”, explicou ele. O contrato de Nestrovski é por tempo indeterminado. “Ele é agora funcionário da fundação e ficará no cargo até julgarmos necessário”, explicou um dos conselheiros, o editor Luiz Schwarz. Os consultores internacionais da Osesp, o inglês Timothy Walker e o americano Henry Fogel, continuam a assessorar o grupo. “O trabalho conjunto segue, mas a partir de agora as responsabilidades finais no que diz respeito à atividade artística da Osesp recaem sobre mim”, disse Nestrovski. Não haverá alterações na programação 2010, já anunciada.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.