Yo La Tengo relê sua carreira em novo disco

Estadão

26 Setembro 2006 | 20h11

Os mais de 10 minutos de “Pass the Hatchet, I Think I’m Goodkind”, a faixa que abre o disco I Am Not Afraid of You and I Will Beat Your Ass não deixa dúvidas: o Yo La Tengo ainda ama guitarras e Ira Kaplan sabe muito bem como tocar de um jeito selvagem. Mas isso não quere dizer que o trio de Nova Jersey tenha voltado ao passado com o novo álbum.

Ou quase. I Am Not Afraid of You and I Will Beat Your Ass é tão variado em sua proposta de explorar todos os territórios já percorridos pela banda que soa quase como uma coletânea, mas feita só de músicas novas. E não é um disco essencialmente roqueiro. Músicas como “Mr Tough”, “Beanbag Chair”, “The Race is Won Again” têm um componente de pop sonhador, bem feito, gostoso de ouvir, mas são canções em que as melodias fáceis falam bem mais alto que as guitarras.

O oposto acontece com a dupla “I Should Have Known Better” e “Watch out for me Ronnie”, picos bem rock’n’roll entre as 15 músicas do álbum. Não é à toa que I Am Not Afraid of You and I Will Beat Your Ass termina com os mais de 11 minutos de “The Story of Yo La Tengo”. Na verdade, se não fosse tão ridículo, esse bem que poderia ser o título do disco.

Nota: 8