Seres verdes encontrados

Estadão

30 Janeiro 2007 | 20h39

Desde que eu saí de férias e voltei fazendo uma série de podcasts, umas histórias de trilha sonora, meu QG ficou uma bagunça daquelas que nem uma semana de arrumação dão jeito. Comecei nessa tarefa de colocar as coisas em ordem e eis que surge o disco Seres Verdes ao Redor – Música para samambaias, animais rastejantes e anfíbios marcianos, ainda no plástico. Puxei pela memória e lembrei que tinha ganho esse disco na véspera de ir para a Holanda, em novembro. Bom, abri o CD e até agora estou doido com esse som psicodélico, bem divertido e viajandão do Supercordas. A sensação é de voltar no tempo – o que de vez em quando é bem bom. Vale a pena ouvir o disco todo, com ou sem aditivos. Por isso resolvi dividir um pouco desse mofo, no bom sentido, e colocar em streaming a faixa “Ruradélica” para dar um gostinho dessa viagem no tempo e no espaço.