Sebastião Estiva e o efeito Luther Blisset

Estadão

24 de agosto de 2006 | 14h19

Quem acompanha as entranhas indies já ouviu falar do misterioso Sebastião Estiva. Hoje, meu Messenger apareceu com algumas figuras trocando seu nome por “Eu Sou Sebastião Estiva”. Lembrei na hora do Luther Blisset, aquele agitador cultural que é vestido por diversas pessoas diferentes e lançou desde romances a manifestos nos últimos anos.

Ser Sebastião Estiva faz sentido, afinal, desde que ele começou a colocar na internet o projeto de fazer um disco para cada Estado brasileiro sua popularidade e o mistério em torno da sua identidade foram aumentando.

A inspiração, que já começa pelo o nome, vem de Sulfjan Stevens e seu disco sobre Illinois, Come On Feel the Illinoise, de 2005. Os dois discos sobre os Estados brasileiros, que podem ser baixados no Trama Virtual, MassACRE e Sebastião Estiva Ama Zonas, são muito divertidos.

Hoje quem mora aqui em São Paulo tem a chance de desvendar o mistério e conhecer a verdadeira identidade de Sebastião Estiva. Ele toca na noite da Peligro no Milo Garage, com discotecagem do Miranda. Não dá para perder.

Ouça aqui em streaming “Galvez, Cabron (y el ultimo baile flamenco en PuertoWalter)”, do disco MassACRE.

O Milo Garage fica na rua Minas Gerais, 203a, Higienópolis. Tel:3129-8027 A partir das 22h. Preço: R$ 10.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.