Se eu fosse juiz, essa seria a minha classificação

Estadão

10 de agosto de 2006 | 23h00

1) Brasil
Com o projeto vEye (Virtual Eye)

2) China
Com o projeto Helen, um portal para tornar exercícios físicos mais divertidos, com game que é movido a movimentos do corpo, transmitidos por pulseiras bluetooth, e podem ser jogados por até 4 participantes diferentes ao vivo ou pela internet

3) Japão
Com o projeto Docterra, criado para prevenir erro médico, em que os médicos usam uns óculos com webcam e para ler num smart card a ficha do paciente, ver se medicamentos são contra-indicados à pessoa etc. O sistema até sugere procedimentos corretos

4) Dinamarca
Com o Interactive Hospital, um projeto para reorganizar a dinâmica do hospital e monitorar atividades de médicos e funcionários

5) Itália
Com o Hello World!, um projeto de monitoramento constante de dados biométricos do paciente integrado a um portal onde se pode fazer upload de fotos e vídeos, para visualizar e tentar interpretar como e por que um ataque de pânico funciona

6)Noruega
Com o projeto Med Watch, que monta uma rede de comunicação com aparelhos que medem dados biométricos de pacientes com diabetes ou doenças do coração e os envia para familiares e médicos por navegadores da web, SMS, Messenger etc.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: