Reencontrando os pais do pós-rock

Estadão

23 de novembro de 2006 | 20h42

Coisas legais do eMusic. Mês passado foi colocado no site de venda de música online o primeiro disco do Cul de Sac, banda de Boston que, salvo engano, foi a primeira a receber a classificação de “pós-rock”, termo cunhado pela The Wire nos anos 90.

Eu tinha ouvido o ECIM, que é de 1991, na casa de um amigo, em meados dos anos 90. Ainda era a época de gravar fitas K7, não de queimar discos. E eu não fiz uma coisa nem outra. Fiquei só com aquele som na memória e acompanhei a trajetória da banda a partir daí. Uma banda tão interessante que até já fez as vezes de o grupo de apoio de Damo Suzuki, o vocalista do Can, uma das principais bandas de krautrock, a grande inspiração para esse tal de pós-rock.

“ECIM” ainda hoje é um disco desafiador, bom de ouvir. E, na versão do eMusic, vem com três faixas bônus. Uma delas, “Cul de Sade”, eu deixo aqui hoje para ouvir em streaming.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.