Na marra, YouTube se aproxima da legalidade

Estadão

18 de setembro de 2006 | 14h37

Das grandes gravadoras, a Warner é a que está mais conectada às mudanças do mundo digital. Hoje a gravadora anunciou que vai distribuir e licenciar seu acervo de vídeos e entrevistas com seus artistas no site YouTube. Muitos deles já estão no YouTube, mas de forma ilegal. Liberando o vídeos, a Warner consegue divulgar seus artistas e ainda lucrar com uma fatia do que ganha o site. É uma posição sensata e louvável. Quando as outras majors seguirem esse modelo, o site de vídeos vai acabar sendo mesmo a nova MTV.

Via New York Times

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: