Morre Ari Up aos 48

Estadão

21 de outubro de 2010 | 10h16

ari_up.jpgO primeiro disco do Slits, Cut, foi daquelas descobertas do fim da adolescência. Com produção do mestre inglês do dub Dennis Bowell, tinha a angularidade do Pil, o multuculturalismo do Clash e um olhar feminino que fazia toda a diferença naquele começo dos anos 80. Era radical e divertido ao mesmo tempo. Até hoje é nesse disco que está uma das minhas versões preferidas de Heard it through the grapevine. A lider da banda, Ari Up, morreu ontem (leia o obituário do Guardian). A última gravação que tenho dela é uma parceria fantástica com o Lee "Scratch" Perry do ano passado. Para lembrar a grande artista que foi a Ari Up, fiz uma playlist no YouTube com 15 vídeos. Postaria aqui os vídeos se o blog conseguisse fazer embed de playlist do YouTube. Peço desculpas por isso, mas deixo o link em memória dessa artista maravilhosamente revolucionária: Playlist com 15 vídeos das Slits e da Ari Up.

PS: A despeito da falha tecnológica, vou colocar cinco dos vídeos do playlist para quem gosta mesmo é de acesso imediato:

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: