Líder do Pulp entra no mundo do podcast

Estadão

22 de agosto de 2006 | 17h22

O Pulp não lança nada desde o excelente We Love Life (2001), produzido por Scott Walker. A história da banda muita gente conhece. Ela foi superunderground durante os anos 80 e estourou para valer nos 90, no saco de gatos do britpop. Agora, Jarvis Cocker, que formou o Pulp quando tinha 15 anos, em 1978, está numa onda revisionista. Dois de seus discos mais famosos: His’n’hers (1994) e Different Class (1995) acabam de ser relançados em edições remasterizadas.

Mais legal do que os dois discos que Cocker recoloca na praça é uma nova música, “Running the World”, que ele disponibilizou em seu site no MySpace. Além dessa nova canção, Cocker também colocou no ar o seu primeiro podcast. O Jarvcast foi lançado na semana passada e, na primeira edição, ele fala sobre uma viagem à Islândia e lê contos folclóricos islandeses.

A música nova e o podcast podem ser ouvidos no site de Cocker no MySpace. Para facilitar as coisas, é possível ouvir “Running the World” em streaming por aqui.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: