Franz Ferdinand faz um show impecável

Estadão

17 de setembro de 2006 | 16h53

Tirando todas as confusões burocráticas do MotoMix, cuja organização não conesguiu alvará para fazer o festival de uma vez só no sábado e teve de dividir as atrações entre ontem e hoje, a noite rock que rolou ontem no Espaço das Américas foi excelente. Mas, mais que um festival, ontem foi mesmo o dia de ver os escoceses do Franz Ferdinand. A noite roqueira começou para valer com o Art Brut, que fez um show energético, acima das expectativas, se valendo do carisma do vocalista bemhumorado Eddie Argos. Foi um bom aparitivo para o show do Franz Ferdinand. Emendando hit atrás de hit e alternando músicas de seus dois discos, os escoceses fizerem um show perfeito para uma platéia ganha. Foi, sem dúvida, o show de rock mais bacana de 2006 até agora. Difícil foi a tarefa do Radio 4. A banda de Nova York tentou, mas, depois do Franz, qualquer um que tocasse iria sofrer. E a realidade é que O Radio 4, embora vá bem nos discos atualizando Clash e Gang of Four, não tem a mesma energia ao vivo. Sobraram caretas do baixista e vocalista Anthony Roman, mas faltou som.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: