David Sylvian é o cara

Nos lançamentos da semana, novas do ex-Japan, Vladislav Delay e Moritz von Oswald Trio

Estadão

23 de setembro de 2009 | 19h09

David Sylvian

David Sylvian

Hoje eu toco uma música do disco que eu mais gostei até agora no ano, Manafon, do David Sylvian, é um balanço perfeito entre as vanguardas e a improvisação. Dramático, sensível e cerebral. Ele convidou uma série de improvisadores, de Evan Parker e John Tilbury a Otomo Yoshihide para gravar, depois editou e colocou as melodias. É um ecândalo. Depois do ex-Japan eu toco uma do Tummaa, novo do Vladislav Delay aka Sassu Ripatti, e termino com um que eu já devia ter tocado há tempos, o Vertical Ascent, do Moritz von Oswald Trio, em que o produtor do Basic Channel se une ao Sassu e ao Max Loderbauer. Improvisação eletrônica fenomenal. Para abrir a cabeça:

Emily Dickinson – David Sylvian
Melankolia – Vladislav Delay
Pattern 4 – Moriz von Oswald Trio

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.