Testamos o Cachorródromo, na zona norte de SP
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Testamos o Cachorródromo, na zona norte de SP

Cris Berger

08 de fevereiro de 2021 | 03h00

Localizado na zona norte de São Paulo, o Cachorródromo estava há tempos na minha lista de lugares para visitar. Afinal, ele é o maior parque indoor voltado para cães da América Latina com 2.500 metros quadrados – além d e uma série de atrativos para os pets.

Como eu sabia que um dos seus grandes diferenciais é a piscina de 120 metros de comprimento, com distintos níveis de profundidade para os cães se esbaldarem, e a Ella (minha sócia pet na coluna) não gosta de água, convidei seu amigo, o SRD Beethoven Pernudo para testá-la. Veredicto? Aprovada. O uso da piscina é pago à parte (R$ 30), e funciona com horário marcado. Os cães podem brincar por 1 hora ali, e o tutor deve estar junto. Ao lado, há uma sala com secador – e a opção de agendar um banho na Galharde Academy.

Beethoven Parnudo aprovou a piscina. Foto Cris Berger/Guia Pet Friendly

Eu confesso que estava apreensiva sobre a ideia de ter tantos cães soltos juntos, sem o uso de guia. Bem, não presenciei nenhuma briga. Questionei a criadora do projeto, a engenheira química Karen Fujiwara, sobre como manter este nível de harmonia entre os cães . “Nosso espaço é controlado por comportamentalistas, normalmente ocultos. Não colocamos em evidência para que as pessoas não deleguem sua responsabilidade para o profissional”, disse ela. Em outras palavras: os cães devem ser sociáveis e os tutores precisam monitorá-los.

Pontos fortes: a entrada é por uma porta dupla, acionada por um botão, e não há rotas de fuga – ou seja, o espaço é seguro. E limpo: você até pode ver um xixi ou número 2, mas nada que dure mais que alguns minutos. No dia em que fomos estava bem quente, mas, lá dentro, a temperatura era razoável.

Para os humanos, há mesas coletivas, no estilo piquenique, e duas opções de comidinhas: o café Cabanas, que serve um açaí delicioso (R$ 18), e o Bark Brew, com chope geladinho (a partir de R$ 8) e espetinho (R$ 8). Também há lojinhas com produtos fofos para os pets. Pelas paredes, desenhos divertidos que rendem boas fotos com os fofuchos. Indicadíssimo para a turma roots, que precisa gastar energia.

A entrada custa R$ 20 – há planos mensal e anual, com entrada ilimitada. Lembre-se de levar a carteirinha de vacinação: a apresentação é obrigatória. Fica na Rua Francisco Duarte, 33; cachorrodromobrasil.com.br. De 2ª a 6ª, 11h-20h; sáb., 10h-21h; dom., 10h-18h. Feriados, a consultar.

É JORNALISTA, FOTÓGRAFA E AUTORA DO GUIA PET FRIENDLY

Tudo o que sabemos sobre:

cãocachorropetanimal de estimação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.