Onde comer com seu pet? Veja novos restaurantes pet friendly em São Paulo
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Onde comer com seu pet? Veja novos restaurantes pet friendly em São Paulo

Cris Berger

04 de outubro de 2021 | 03h00

Nada como sentar em um restaurante charmoso onde toda a família é aceita (incluindo seu cachorro) e ser atendido por um garçom atencioso. Por isso, fiz uma seleção de locais que abriram suas portas há pouco tempo ou que acabaram de se tornar pet friendly.

Praça São Lourenço, na Vila Olímpia. Foto Cris Berger/Guia Pet Friendly

Apó

O restaurante no Itaim tem uma cobertura retrátil, que e fecha conforme as condições climáticas, e oferece água e legumes para os clientes de quatro patas. Para os humanos, pratos delicados, leves e saborosos. O curado com salmão gravlax (R$ 33) é meu preferido.

Duas Terezas

Localizado em uma vilinha, sua área pet fica no quintal de trás do sobrado, distante do agito de carros da Alameda Lorena. Há ganchos no chão para prender a guia dos cães e cada mesa ganha um pote d’água. Destaque para a pescada-cambucu com crosta de vatapá (R$ 52).

QT Pizza Bar

Pensou em pizza? Acrescente um bar descolado com ótimos drinques no Jardins. Escolha uma noite de temperatura agradável e curta a varanda, que fica um nível acima da calçada e é uma charme. No cardápio também há opção de petiscos naturais para os pets. Comece com a burrata (R$ 60) e, vegano ou não, você vai gostar da pizza com creme de abóbora cabotiá (R$ 46).

Quadrado

Um chef de cozinha, que além de cozinhar divinamente, ama cachorros. O Lucas Caroeza, do Quadrado, virou amigo da Ella (minha sócia pet na coluna). As mesas pet friendly ficam na parte interna e a decoração remete a Trancoso, na Bahia. Aposte no arroz de polvo (R$ 78).

Praça São Lourenço

O restaurante na Vila Olímpia criou uma área pet no jardim que conta com teto retrátil, plantas e espaço generoso entre as mesas. Possui ganchos no chão para prender a guia, e um pote d’água é trazido assim que o pet chega. Nos fins de semana, eles servem um bufê completíssimo para comer à contade por R$ 158.

Cozinha de Afeto

Na casa do chef Mario Galuzzi pets são tratados com carinho, água e petiscos. A lateral da casa, coberta, ganhou mesas e recebe pets. No quintal da frente, eles são vistos em dias e noites de tempo bom. A comida é reconfortante: recomendo o peixe mediterrâneo (R$ 72).

É JORNALISTA, FOTÓGRAFA E AUTORA DO GUIA PET FRIENDLY

Tudo o que sabemos sobre:

pet friendlysão paulorestaurante

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.