O que é melhor para seu pet: ração ou comida?
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O que é melhor para seu pet: ração ou comida?

Cris Berger

12 de julho de 2021 | 03h00

Ração ou alimentação natural (AN)? Qual é a melhor opção para os pets? O melhor para o seu pet é o que você pode oferecer. A decisão de como alimentar seu melhor amigo ou filho peludo (cada um chama de um jeito, né?) deve ser feita de acordo com sua condição financeira, tempo e estilo de vida. Mas escolha entre um ou outro: não misture os dois ou você vai perder o controle nutricional e calórico. Para ajudar nessa escolha, conversei com a médica veterinária Mariana Porsani, da Pet Care.

Hora da refeição: o que é melhor, ração ou alimentação natural? Foto Cris Berger/Coluna Pet Friendly

Qual a principal vantagem da ração? A praticidade: ela já é balanceada, o custo é de duas a três vezes menor do que a AN e sua durabilidade, bem maior. O que é fundamental: escolha um bom fabricante, e siga à risca a quantidade recomendada na embalagem, de acordo com o peso do pet. Mariana esclarece que, ao optar pela AN, será necessário acrescentar suplementos comerciais ou manipulados em farmácia nas refeições. Isso não é opcional. A falta de suplementação é um problema garantido no futuro. Consulte um nutricionista veterinário.

Os cães que precisam de maior ingestão de água, são seletivos para comer, têm fome excessiva ou são portadores de alguma doença específica são os candidatos à alimentação natural. Há pequenas empresas que vendem refeições prontas ou preparadas conforme a receita do veterinário. Quem fizer por conta própria deve levar a sério as quantidades de cada ingrediente e não servir a olho – vale ter uma balança de precisão. “O ideal é que os pets consumam um alimento balanceado, respeitando as necessidades de calorias e de nutrientes indicados para idade, espécie e doença (quando presente). Os petiscos não podem ultrapassar 10% da necessidade de calorias que o animal come ao longo do dia”, afirma Mariana.

Por ser um alimento industrializado, a ração pode causar câncer? Segundo estudos, a quantidade utilizada dos conservantes BHA e BHT na indústria Pet Food não causa câncer. “Os conservantes são inseridos para manter as propriedades nutricionais adequadas e a qualidade do alimento preservada. Sem dúvida, uma ração que teve a qualidade dos ingredientes analisada, possui conservantes eficientes, embalagens e armazenamento correto terá suas propriedades e valor nutricional preservado”, salienta a veterinária Amanda Corrêa, da Mars Petcare.

É JORNALISTA, FOTÓGRAFA E AUTORA DO GUIA PET FRIENDLY

Tudo o que sabemos sobre:

animal de estimação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.