Drive-in com os pets
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Drive-in com os pets

Cris Berger

24 de agosto de 2020 | 03h00

Em tempos de pandemia, em que aglomerar não é possível e ambientes fechados são evitados, pegar um cineminha no estilo drive-in cai muito bem no fim de semana. Ainda mais se os pets puderem fazer parte do programa, né? Então, se você gosta da sétima arte ou mesmo de stand up comedy, vai curtir a programação do Villa Open Air, que funciona até outubro, no estacionamento externo do Shopping VillaLobos – e é pet friendly.

Ella se aninhou e dormiu enquanto eu assistia ao espetáculo. Foto: Cris Berger/Guia Pet Friendly

Visitei o local esta semana com a Ella, minha sharpei, e pretendo voltar algumas vezes – mas sei que nenhuma vai bater a emoção da primeira. Tudo começa com a compra online do filme (ou espetáculo) que deseja assistir. O ingresso, obviamente, é digital. Na entrada, o ingresso é lido pelo QR Code, e um aparelho mede a sua temperatura. Você também recebe uma sacolinha com vouchers de descontos de lojas do shopping, lenços umedecidos e sachê de álcool em gel. E a instrução de baixar o App Nadapay para pedir pipoca, petiscos, lanchinhos, refri e cerveja não só na bomboniere, mas também no Outback ou Cortés. É divertido, tudo acontece sem sair do carro.

Funcionários com luzes de sinalização o guiam até o local específico para estacionar. O telão de 12×7 metros fica a alguns metros de distância – o som será escutado sintonizando o rádio do seu carro. Para interagir com o comediante, a instrução é dar luz alta várias vezes.

A Ella acompanhou toda a chegada, olhou curiosa a dinâmica, posou para a foto, deu uma cheiradinha de longe na pipoca, se aninhou e dormiu enquanto eu assistia ao stand up O Novo Anormal, de Fábio Rabin. Importante que seu pet seja tranquilo e aguente ficar duas horas quietinho dentro do veículo, pois os demais carros estarão estacionados bem próximos. Seu melhor amigo não poderá sair do carro, a não ser para fazer xixi, na área específica que tem uma pequena grama sintética. Até sugeri que seja colocado um pote de água. Seria simpático, né? No caso de um número 2, o funcionário que estiver o acompanhando lhe dará um kit com saquinho. Mantenha o pet preso na guia, pois passam carros perto.

A proposta mesmo é ficar o tempo todo dentro do carro, sem contato com outras pessoas. Inclusive, a ida ao “banheiro dos pets” é acompanhada de um funcionário, que será chamado pelo app – um cão por vez. O nível de segurança é alto, o contato com outras pessoas é mínimo. O ingresso para os shows custam R$ 150 por automóvel (R$ 100 para o cinema). Cada carro pode entrar com até quatro passageiros humanos e quantos pets couber. Vale a pena pôr na agenda dos novos tempos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: