Quem se cansou de Londres se cansou da vida
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Quem se cansou de Londres se cansou da vida

Flavia Guerra

19 de novembro de 2009 | 23h28

Londres

ll
England X Brazil?

Vamos lá. Depois de passar o mês editando a última versão de Karl Max Way, ajudando Karl a preparar sua resposta ao tribunal de trânsito inglês, entendendo como vai o mercado de documentários na Inglaterra, tentando entender se a BBC ainda ama os documentários, participando de workshops no Festival de Documentários de Sheffield, um dos mais importantes da Europa, e tentando entender as novas medidas de Gordon Brown para a imigração no Reino Unido e, para finalizar, o que Gilberto Gil veio fazer aqui, volto à ativa.

Não adiante justificar a ausência. Londres borbulha em cada canto. Portanto, falta tempo, mas assunto não falta. Como bem diz o ditado, que quem se cansou de Londres se cansou da vida.

Portanto, neste mês, para fazer jus a este espaço tão privilegiado que vinha sendo negligenciado, vou de um post por dia até o Natal. Como devia ter sido desde sempre mas que, por conta da falta de tempo e do muito tempo gasto entre metrôs, trens, baldiações, ônibus, andanças, acabou por ter o tempo de quem faz um mestrado em um idioma estrangeiro, um documentário (cuja produção, direção, promoção ficaram por conta própria), escreve matérias em geral e, nas horas vagas, experimenta uma cider ou uma pint no pub da esquina.

rr
Ou Egland E Brazil?

Assuntos a ver e a vir:

– De como as campanhas de Natal em Londres começam antes que qualquer outro lugar do mundo. Em fins de outubro o bombardeio já começa!

– De como os ingleses (incluindo a mídia) gastam horas e muito papel para tentar explicar que a seleção inglesa de futebol tem de provar o quanto é ‘tão boa quanto a brasileira’.

– De como os ingleses (incluindo a mídia) gastam horas e muito papel para tentar explicar que o Brasil tem de provar o quanto é tão bom, e organizado, quanto a Inglaterra e que, portanto, vai ser capaz de sediar uma Copa do Mundo e as Olimpíadas sem passar por situações como a última ‘guerra urbana no Rio’, que rendeu mais comentários que o gol tomado no último sábado

– De como Londres está de fato se preparando para sediar os jogos olímpicos em 2012 e de como o East Side (a operária e um tanto decadente zona leste da cidade, que abriga o Estádio e a Vila Olímpica) vão mudar e se tornar o novo ‘hype’

– De como os empresários, empreendedores, artistas e ingleses ‘comuns’ já voltam seus olhos para o Brasil e planejam desde viagens a negócios no ‘vizinho de Olímpiadas’. Um exército de ingleses já se prepara para conhecer e estreitar ainda mais os laços com o ‘país da moda’.

– De como os ingleses não sabem se são contra ou a favor que seus jovens, sob a insígnia do exército inglês, continuem a se enveredar por zonas de conflito além mar

– De como o alcolismo continua sendo assunto da ordem do dia quando as festas de Natal das ‘firmas’ se aproximam

– De como a ilegalidade ainda continua sendo ‘uma ficção no Reino Unido’ e de como os imigrantes ilegais parecem ser os últimos a se preocuparem com as novas medidas do ‘estatuto da imigração inglês’

Bem, assunto não falta. E o tempo, ruge!

Até amanhã.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.