As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Paulínia em busca de um plano municipal de Cultura

Flavia Guerra

27 de fevereiro de 2014 | 20h11

Além do novo edital de produção cinematográfica, cidade busca consolidar política e ações culturais

paulinia.jpg

Paulínia acaba de lançar um novo edital de cinema, com R$ 8,9 milhões para a produção de curtas e longas-metragens. Depois de passar por uma crise que paralisou as ações de seu Polo de Cinema, por conta de medidas da gestão anterior, a cidade retoma aos poucos suas ações. O Festival volta este ano em julho, depois da Copa, as aulas voltarão, os cineastas também, filmes internacionais vêm por aí.

O desafio a partir de agora não é apenas a retomada, mas sim a criação de políticas públicas permanentes. “Como a gente mantém tudo isso? Com lei. Com a Lei do Sistema Municipal de Cultura, com o Conselho Municipal de Cultura e as Câmaras Setoriais discutindo políticas pública e dando o caráter de controlo social ao que está sendo construído. Um fundo municipal de cultura dialogando com o Fundo Nacional, o Estadual. Ter um plano municipal de cultura com metas para os próximos dez anos. O prefeito já assinou acordo de cooperação federativa com o governo federal. A gente aderiu ao sistema federal de cultura.  Temos dialogado muito profundamente com a Secretária do Audiovisual para que tenhamos um alinhamento jurídico com as políticas de estado do Governo Brasileiro. Esta sempre foi uma grande preocupação do prefeito e sua primeira atitude institucional”, declarou a secretária de cultura de Paulínia, Monica Trigo, em conversa com  o Estado.

Leia matéria sobre os novos editais aqui: http://www.estadao.com.br/noticias/arte-e-lazer,novo-edital-de-paulinia-vai-distribuir-r-8-9-milhoes,1135480,0.htm

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.