As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Londres 2012 – De quando Dilma pegou o metrô para ir à Tate

Flavia Guerra

01 de agosto de 2012 | 09h24

Londres 2012. 

 

tube.jpg

                                                Quer fugir do rush londrino? Assim como a Dilma, vá de metrô!

 

A blogueira que vos fala está em Londres para seguir parte dos milhares de eventos que compõem o London Festival, o braço cultural dos Jogos Olímpicos de  London 2012. Entre eles, o Rio Occupation London, a ação de ocupação dos artistas brasileiros na capital inglesa, da qual vou falar em post futuro.

Mas hoje, entre tantos, um fato é interessantíssimo de observar. Um colega comentou que a presidente Dilma, presente na capital inglesa para a ocasião olímpica, entre outras, em um belo dos dias do não tão belo verão inglês, teria cismado de ir à Tate Modern para conferir a mostra Edvard Munch: The Modern Eye, atualmente em cartaz. E que queria ir de metrô. E para isso, abriu  mão de carro oficial e outros adereços que sempre são disponibilizados para os chefes de estado.

Faz sentido. Em dias em que a cidade está abarrotada e o trânsito londrino mais lembra o paulistano, ir de metrô, ainda que as linhas estejam também congestionadas e sofrendo ‘severe delays’ todo dia, o bom e velho Tube ainda é o jeito mais rápido de se chegar a qualquer lugar. Pois Dilma, dispensando grande comitiva, pegou o metrô, atravessou a Millenium Bridge e lá foi feliz para visitar a Tate.  Que tal se mais líderes brasileiros usassem mais o metrô no Brasil?

Tendências: