“É impossível se entediar em Londres”. Palavras de Miss Sex ‘Nova York’ & City
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“É impossível se entediar em Londres”. Palavras de Miss Sex ‘Nova York’ & City

Flavia Guerra

11 de dezembro de 2009 | 00h31

aaa
Fachada do Odeon, em Leicester Square, hoje à noite depois da première mundial de Avatar

Londres

“É impossível ficar entediado em Londres”, disse-me Sarah Jessica Parker em entrevista ontem, por conta do lançamento do seu novo filme, Did You Hear About the Morgans, no qual ela divide a cena com o galã e eterno solteirão ingles Hugh Grant.

Tem razão a nova-iorquina e eterna Carrie Bradshaw. Em apenas uma semana, a capital inglesa teve nada menos que quarto grandes premières mundiais que agitaram os hotéis de Park Lane e garantiram o tumulto que os turistas tanto adoram ver em Leicester Square.

kk
Sarah ‘Carrie’ Jessica Parker em conversa com jornalistas para lançar novo filme em Londres

Meca dos cinéfilos londrinos, a Leicester Square (cuja pronúncia foge completamente à regra do bom senso e vira um ‘Léster Square’ de enrolar a lingual até mesmo dos nativos) está para o cinema assim como a Picadilly Circus está para o teatro. Parada obrigatória de todas as grandes produções que estréiam na capital, o completo Empire/Odeon teve a semana mais agitada do ano. Nesta semana, foram Nine (musical em homenagem a Fellini estrelado por Daniel Day Lewis), os Morgans… Anteontem Jessica Parker, Hugh Grant e cia desfilaram por lá.

,kk
Daniel Day Lewis, Jude Dench, Penelope Cruz e Nicole Kidman lançam Nine em Londres

Hoje foi a vez de James Cameron provar porque ainda é um dos mestres do cinemão. O mais que aguardado Avatar arrasou o quarteirão da Leiscester Square. Confesso que fui à première em missão ‘crítica’ e cheguei para não gostar. Confesso que me rendi à visão que os óculos 3D descolados distribuídos aos convidados me garantiram. Em uma platéia que contava com ícones como Sigourney Weaver, Avatar prova que, de ação, efeitos e roteiros bem ao gosto do freguês do bom blockbuster Cameron entende. Se ele ainda precisava provar algo depois de Exterminador do Futuro e Titanic, agora não precisa mais. Além de garantia certa de zilhões de bilheteria, garantiu uma das quintas-feiras mais animadas da cidade em que se pode até ficar estressado, mas entediado, jamais!

Domingo tem mais. Vem aí o Sherlock Holmes de Guy Ritchie.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.