As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Brasil – Um país de educação diferenciada

Flavia Guerra

18 de maio de 2011 | 21h57

educacaoruim.jpg

do blog:http://rmnofoco.blogspot.com/2010/12/brasil-um-dos-piores-na-educacao.html

São Paulo

Então. Hit do dia hoje na internet não foi o churrascão. Não foi nenhuma piada do CQC, não foi nenhum twitt polêmico. Foi o vídeo da professora Amanda Gurgel, detentora de um salário diferenciado de professora pública no Brasil, que faz um discurso diferenciado na Câmara de Deputados em audiência pública no Rio Grande do Norte.

Vale perder cinco minutos de qualquer reality show para entender melhor o nosso reality horror show: http://www.youtube.com/watch?v=yFkt0O7lceA&feature=share

E, vê lá, ela diz: ” Só quem está em sala de aula, só quem está pegando três ônibus por dia para poder chegar a seu local de trabalho, ônibus precário inclusive, é que  pode falar com propriedade sobre isso. Fora isso, qualquer consideração que seja feita aqui é apenas para mascarar uma verdade, que é visível a todo mundo. Em nenhum governo, em nenhum momento, que nós tivemos em nossa cidade, nosso Estado,  nosso País, a educação foi uma prioridade. ”

Qualquer semelhança com o quadro negro de muitas e muitas escolas do restante do País e de São Paulo não é mera coincidência.

E, diante disso, pergunto: A escola pública está precária porque ‘os professores não se dedicam’ ou os ‘professores não se dedicam’ porque a escola pública (e o salário deles) está precária?

Tudo o que sabemos sobre:

DiferenciadaEducaçãoFlavia Guerra

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.