Uma nova superbanda: NirZeppelin (ou LedVana)

Estadão

30 de outubro de 2009 | 17h19

[kml_flashembed movie=”http://www.youtube.com/v/cQ288rZ96Rs” width=”560″ height=”340″ wmode=”transparent” /]

Qual seria o som de uma banda mezzo Nirvana mezzo Led Zeppelin?

Quando a gente ouve falar de uma superbanda, geralmente fica com um pé atrás. A história nos conta que elas duram um tempo inversamente proporcional à expectativa gerada pela fama dos integrantes. O termo diz respeito a bandas formadas por ex-integrantes de outras bandas famosas – daí o termo ‘superbanda’.

Algumas dão certo durante um pouco mais de tempo, como foi o caso do Audioslave, uma banda da qual eu gostava bastante, mesmo tendo que aguentar os amigos dizendo ‘eu prefiro o Rage Against the Machine’ ou ‘eu prefiro o Soundgarden’ (para quem não se lembra, o Audioslave era uma banda formada pelo genial guitarrista Tom Morello e os ex-integrantes do Rage Against the Machine e o vocalista Chris Cornell, outro músico sensacional que cantava no Soundgarden e hoje virou ídolo pop).

Enfim, tudo isso para dizer que eu adorei o novo single do Them Crooked Vultures. A banda é formada pelo guitarrista/vocal Josh Homme, do Queens of the Stone Age, Dave Grohl na bateria (ele era baterista do Nirvana, mas depois formou sua própria banda, Foo Fighters, cantando e tocando guitarra) além de ninguém menos que John Paul Jones, o lendário baixista do Led Zeppelin.

(Parênteses: O Dave Grohl adora tocar com outros músicos, não? Ele tem vários projetos, incluindo um muito divertido de heavy metal chamado ProBot e que tem a participação de outras lendas como Lemmy Kilminster, do Motorhead, King Diamond e até Cronos, do Venom. (Alguém se lembra de ‘Black Metal’? Pois o Venom deve tocar no dia 12/12 no Victoria Hall, em São Caetano do Sul, SP). Outro parênteses rápido: como o Dave Grohl é cool, não? Esse post poderia facilmente estar na categoria ‘Eu queria ser esse cara’.)

O trio começou a falar sobre o assunto de brincandeira em 2005, mas só se juntaram mesmo este ano, para anunciar o lançamento do primeiro disco. Ao vivo, a banda conta ainda com Alain Johannes na guitarra e teclado. A primeira música que chegou ao público foi ‘Nobody Loves Me and Neither Do I’ (Ninguém me ama, nem eu), mas eu prefiro o rockão ‘New Fang’, que você curte acima. O vídeo mostra a banda tocando ao vivo no Roseland, em Nova York, há duas semanas. A qualidade é meio ruim, mas se você aguentar os primeiros 45 segundos ele melhora. E dá para ver o Dave Grohl em ação. E aí você vai entender por que eu queria ser esse cara. Bjs, bom fim de semana, F.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: