Terça em SP: Coldplay e A Rede

Estadão

01 de março de 2010 | 18h49

Casa das Caldeiras/Divulgação

Casa das Caldeiras/Divulgação

Casa das Caldeiras: Festa ‘A Rede’ é uma das melhores baladas de São Paulo

É como eu sempre digo: para cada hora que a gente passa no trânsito, São Paulo nos oferece uma contrapartida cultural sensacional. O difícil é escolher: há, todos os dias, mais opções entre o pôr-do-sol e o amanhecer do que imagina a sua vã filosofia.

Amanhã à noite é um exemplo clássico: há um megashow (Coldplay, no Morumbi) e uma megafesta (A Rede, na Casa das Caldeiras).

O Coldplay dispensa apresentações, claro. Uma das maiores bandas da atualidade, cenário monstruosamente lindo, músicos talentosos, um frontman carismático (Chris Martin) e que tem geralmente a multidão nas mãos. Já ‘A Rede’ é um evento que sempre me atrai, não apenas por causa dos amigos envolvidos mas porque é diversão garantida.

É uma festa que começa a ser legal desde o conceito: uma ‘rede’ de amigos se forma e cada um colabora como pode. É uma ideia simples, mas que funciona perfeitamente bem há alguns anos. Quem tem importadora entra com as bebidas; bandas e artistas entram com o som no palco; fornecedores de catering entram com a comida, e por aí vai. As empresas envolvidas acabam divulgando seu trabalho para um público muito legal; o público muito legal se diverte e ainda entra em contato com o trabalho de diversas empresas. Fora o visual da Casa das Caldeiras…

Espero que o show do Coldplay termine cedo.

Tendências: