Samambaia é objeto?

Estadão

09 de dezembro de 2006 | 17h37

Panicat

Não sabia que a Mulher Samambaia tinha uma concorrente no programa Pânico, mas descobri que sim, ela tem. A morena Tânia de Oliveira (foto acima), mais (des)conhecida como ‘Panicat’, será uma das peladonas ‘famosas’ da escola de samba X-9 Paulistana no próximo carnaval, dia 16 de fevereiro. Aqui vai uma foto dela à paisana, ainda sem orixás, ugunzás e todas aquelas baboseiras de carnaval. ‘Panicat’ saiu na Playboy no começo do ano e ficou em 48º lugar na lista das 100 mulheres mais sexy do mundo da revista VIP, blá blá blá. Aqui ela mostra que não é apenas bonita, mas também ‘tem opinião’: “Freqüento a X-9 desde 2000, tenho roupas com o logotipo da escola e sei todos os sambas de cor”, afirma Panicat. Uau. Roupas com o logotipo da escola? Só se for um logotipinho bem pequeno.

PS. Andam dizendo que eu sou machista, mas isso é um absurdo. Eu, por exemplo, não me conformo com alguém que batiza uma garota de ‘mulher-samambaia’. É muito deprimente – para a própria garota. Como sempre, alguém vai tentar defendê-la: ‘mas é o emprego dela, Felipe, a menina depende do salário de ‘mulher-samambaia’ para comer’. Mais deprê ainda! Bom, pelo menos na escala hierárquica das modelos sem cérebro, ela está acima da ‘mulher-objeto’. Como assim? Objeto é mineral, samambaia é vegetal.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.