'Ping Pong' indicado ao Prêmio Jabuti

Estadão

24 de agosto de 2009 | 12h46

Amigas e amigos,

esse post é apenas para dividir uma coisa muito importante para mim com vocês: o livro ‘Ping Pong – As Aventuras de Um Jornalista Brasileiro na China Olímpica’ foi indicado ao 51º Jabuti, o prêmio literário mais importante e tradicional do país. Recebi a notícia com muita felicidade e um pouco de surpresa, não sabia nem que a editora Artepaubrasil tinha feito a inscrição…

‘Ping Pong’ concorre numa categoria de peso, ‘Contos e Crônicas’. A seguir, os 10 livros indicados ao Jabuti nessa categoria:

Contos e Crônicas

1.º Canalha! – Crônicas (Editora Bertrand Brasil), de Fabricio Carpinejar
2.º 101 Crônicas – Ungáua! (Publifolha), de Ruy Castro
3.º Ó Editora (Iluminuras), de Nuno Alvares Pessoa de Almeida Ramos
4.º Rasif (Record), de Marcelino Freire, e Ostra Feliz Não Faz Pérola (Planeta), de Rubem Alves
5.º Os Comes e Bebes nos Velórios das Gerais e Outras Histórias (Auana), de Déa Rodrigues da Cunha Rocha
6.º Ping Pong – Chinês Por Um Mês: As Aventuras de Um Jornalista Brasileiro Pela China Olímpica (Manuela Editorial – Arte Paubrasil), de Felipe Machado
7.º Crônicas e Outros Escritos de Tarsila do Amaral (Unicamp), de Laura Taddei Brandini (Org.)
8.º Antologia Pessoal (Record), de Eric Nepomuceno
9.º Cheiro de Terra – Contos Fazendeiros (Scortecci), de Lucília Junqueira de Almeida Prado, e O Silêncio dos Amantes (Record), de Lya Luft
10.º Vatapaenses Vasos Comunicantes (Gm Minister), de Sergio de Almeida Brun

A segunda fase do julgamento acontece em 29 de setembro, quando serão revelados os três primeiros colocados de cada uma das 21 categorias. No dia 4 de novembro, serão anunciados os melhores livros do ano de ficção e não-ficção.

Para ver todos os indicados, clique aqui. Queria aproveitar para deixar registrado meu agradecimento ao júri da Câmara Brasileira do Livro (CBL), é uma honra para qualquer escritor.

Abs, F.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.