O fim da Music Television

Estadão

06 de dezembro de 2006 | 19h44

Ana Luiza Castro

Agora é oficial: a MTV não é mais a ‘Music Television’. Numa entrevista coletiva, ontem, o diretor de programação, Zico Góes, anunciou que ‘videoclipe faz a audiência desabar’, etc. Ué, e agora? Como será o nome da nova emissora?

Sempre adorei o ‘universo’ MTV, tenho muitos amigos por lá e minha banda (Viper) já chegou ao topo de várias paradas do Disk MTV. Mas acho que de uns tempos para cá a emissora investiu demais no público adolescente, e acabou afastando um pouco o público hoje na faixa dos 25-45 anos que acompanhava a MTV desde o início. Hoje vejo VJs que não me dizem nada e programas que me dizem menos ainda. Entendo a opção mercadológica da emissora… aliás, espero que eles estejam certos. Tão certos que farão a MTV faturar muito, muito, para assim poder inaugurar logo o canal ‘adulto’ que eles prometem há algum tempo no Brasil. Quer dizer, o VH1 seria esse canal (ambos pertencem à empresa americana Viacom), mas no Brasil ele ainda engatinha na TV paga (e só TVA). Nos EUA já existe o MTV2, só com clipes. Seria muito legal ter um canal top assim no Brasil, seria perfeito para deixar rolando numa festa…

Entre as novidades que Zico Góes anunciou ontem está a contratação da modelo/apresentadora (só falta ser cantora) Ana Luiza Castro (foto acima), que vai apresentar o Jornal da MTV ao lado do VJ Léo Madeira. Opa… será que com o fim dos videoclipe os apresentadores ainda vão se chamar VJs?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.