Feliz Despertar em 2011

Estadão

27 de dezembro de 2010 | 15h36


Give Peace a Chance: Lennon morreu há 30 anos, mas sua música e sua mensagem de paz vão durar eternamente. A vida e a obra de John vai tornar você uma pessoa melhor em 2011

É difícil escrever um texto sobre réveillon sem falar sobre as promessas de ano novo que a gente sempre faz (e nunca cumpre). Descobri que mentir para mim mesmo é a primeira coisa que acontece quando acordo (de ressaca) no dia 1º de janeiro. ‘Eu sei que prometi nunca mais beber refrigerante, mas me dá uma Coca-Cola gelada antes que eu morra’, costumo sussurrar.

Hoje vou falar sobre outro assunto. Lentilhas? Nah. Cueca branca? Na-na-ni-na-não. Vamos refletir sobre a origem do termo réveillon, palavra francesa que a gente usa todo ano e que a maioria de nós não sabe exatamente o que significa.

Quer dizer, todo mundo sabe que réveillon é a noite em que deixamos o ano velho para trás e entramos pulando sete ondinhas no ano que começa. Semanticamente, no entanto, a palavra tem um significado bastante interessante.

Ela vem do verbo réveiller, que, em português, quer dizer ‘despertar’. Pois é exatamente isso que eu desejo para você nesse ano que vai começar daqui a pouco: que você desperte.

‘Peraí, Felipe, se eu estou lendo esse texto é porque já estou acordado’, alguém vai reclamar. E eu vou responder: . Não é disso que estou falando.

Queria abordar esse despertar sob uma ótica mais metafórica, como uma pessoa que vive nas trevas e acorda para uma nova realidade. É a mesma sensação de ver alguém abrir os olhos pela manhã, guardar o universo dos sonhos debaixo do travesseiro e voltar ao mundo real. Pois é isso aí. Em 2011 eu quero ver você despertar.

Não estou dizendo que você está dormindo, nem que está apático em relação à vida. Mas aposto que existem alguns assuntos que você prefere não mexer e deixar como estão, mesmo que estejam te incomodando. Pois eu peço que você desperte para isso. Encare tudo de outra maneira. Deixe de ser acomodado. Se for mesmo para continuar como está, tudo bem. Mas se for para mudar, tenha consciência de que está mudando porque chegou a hora de… despertar.

Tem gente que passa pela vida e nem sabe por que passou. Não seja assim. Faça com que sua trajetória seja uma experiência mágica para todos ao seu redor. Isso não tem nada a ver com sucesso, fama ou dinheiro. Tem a ver com quem você é. Lembre-se: você sempre pode ser uma pessoa melhor. Em 2011, você será.

No dia 31, coloque todos os seus despertadores para tocar à meia-noite.

E feliz despertar.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: