Família unida jamais será vencida

Estadão

25 Abril 2007 | 18h07

sunshine

Perdi a oportunidade de ver ‘Little Miss Sunshine’ no cinema, mas agora que está saindo em DVD é uma boa hora para dizer: alugue esse filme hoje à noite. Quem já viu sabe do que eu estou falando: uma história simples, um ‘road movie’ semelhante a muita coisa que já foi feita no cinema e, no entanto, uma obra-prima cinematográfica que transborda de sensibilidade. Não foi à toa que ganhou dois Oscars (ator coadjuvante, Alan Arkin, e roteiro original, de Michael Arndt).

NOTA: (sei que ‘Oscar’ não tem plural, mas não concordo com a razão e por isso escrevo ‘Oscars’ mesmo)

O filme conta a história de uma família cheia de problemas (inclusive entre eles – todos se odeiam) que se vê obrigada a compartilhar um carro e cair na estrada. Depois de vários percalços, essas pessoas malucas e tão diferentes entre si tornam-se uma entidade forte e unida frente a um desafio comum. Este post não é para ser engraçado – mas o filme tem cenas de morrer de rir. Mostra que ninguém é normal… é só ter uma família para entender o que isso quer dizer.