Minha amiga só queria um litro de leite

Estadão

27 de maio de 2009 | 19h20

Got Milk man

De vez em quando, minhas amigas acessam este blog e reclamam que eu ando muito machista. É Borracharia pra cá, Filosofia de Boteco pra lá… temas que não interessam às mulheres e, pior ainda, escritas com um tom que volta e meia é criticado.

OK, vocês venceram. (Batata frita)

Cansada dos meus posts monotemáticos (segundo ela), minha colega Ana Lúcia Araújo escreveu um texto emocionante sobre o que as mulheres realmente querem na vida. Quem quiser ler outros textos dela pode acessar o blog Publicáveis, sobre coisas da vida com uma pitada de literatura, ou sobre a vida prática no Cabana Bacana.

A imagem acima foi escolhida pela Analu; no final do texto, uma imagem para os caras (só para mostrar quem ainda manda por aqui. 😉

Enjoy.

Eu só queria um litro de leite
Ana Lúcia Araújo

Mês passado, li em várias revistas femininas e nos jornais da cidade teorias interessantes sobre o que querem as mulheres. Linhas e mais linhas para tentar explicar afinal de contas por que somos tão insatisfeitas. Em alguns momentos tenho a sensação que somos o Mal do Século, ou pior: o Mal de TODOS os Séculos.

Os chavões vão nessa linha: as mulheres são independentes financeiramente, fizeram dos homens uns bananas, mas ainda querem que eles abram a porta do carro. É verdade? É. É mentira? É também.

Eu não sei o que as mulheres querem, até porque é uma questão pessoal. Mas o que eu percebo, entre minhas amigas, minha mãe, amigas da minha mãe, minhas primas mais novas, amigas das minhas primas mais novas é que nós só queremos um litro de leite.

Entendeu? Então explico. Outro dia um amigo me contou uma história bobinha, mas que me deu a luz para esse texto. Durante uma conversa normal do dia-a-dia com a namorada, por telefone, ela lamentou: “Estou trabalhando tanto que nem tive tempo para comprar leite”. Meu amigo (que ganhou muitos pontos comigo por isso) não pensou duas vezes. Passou na padaria, comprou uma caixinha de leite, colocou num envelope do trabalho e deixou na portaria do prédio da namorada. Simples assim.

Não precisamos de diamantes, de mansões ou viagens ao redor do mundo. Um litro de leite (na hora certa) tá bom demais.

Got milk woman

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.