Dinheiro não é desculpa

Estadão

10 de julho de 2007 | 09h53

Meus amigos solteiros vão me matar, mas sempre achei que usar o dinheiro como desculpa para não se casar é uma estratégia esfarrapada.

Pode ser que algumas mulheres acreditem em histórias como “precisamos esperar o aumento que meu chefe me promete há 18 anos” ou “vamos aguardar a herança do meu tio que mora em Zimbábue”. Mas acho que isso não passa de enrolação.

Na verdade, a não ser que você queira gastar uma fortuna numa festa estilo ‘celebridade por um dia’, casar não é tão caro quanto se imagina. Afinal, casamento não é só a festa, certo? Morar juntos, dividir despesas, unir as economias pode fazer a vida ficar até mais barata.

Quer enrolar a mulher mais tempo? Ora, seja honesto e diga “vamos esperar um pouco porque acho que a hora de a gente se casar ainda não chegou”. É melhor ser sincero: talvez você esteja falando com a pessoa que vai compartilhar seu futuro até que a morte os separe.

Esse papo de custo baixo não se aplica aos filhos, claro. Eles custam caro. Uma vacininha aqui, uma montanhinha de fraldinhas acolá… E filhos são para sempre mesmo – se os jovens ficam mais tempo em casa e já adiam seus casamentos hoje em dia, imagine quando seu filho tiver idade para adiar o dele.

Não desprezo a importância do dinheiro na vida de um casal (inclusive, se minha mulher estiver lendo isso e quiser depositar uma quantia na minha conta, fique à vontade), mas acho que o dinheiro deve servir de ferramenta para melhorar a vida, não para piorá-la. Se questões financeiras acabam em briga, simplesmente não discuta o assunto. Mas se dinheiro é um tema que une o casal… abram uma conta conjunta e sejam felizes para sempre.

O que vale dizer é que os investimentos no banco são importantes, mas o que vale mesmo é o investimento que você faz no seu relacionamento. É mais fácil ser feliz morando no hotel Ritz de Paris, mas a verdade é que dinheiro não compra toda a felicidade. Compra, sim, uma festa de luxo no melhor lugar do mundo, mas lembre-se que essa festa vai durar apenas algumas horas. O que nenhum dinheiro do mundo compra é a vida que começa a partir dali.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.