60º Emmy – A festa da TV americana

Estadão

22 de setembro de 2008 | 11h56

Mark J. Terrill/AP Photo

A melhor cena da entrega do 60º prêmio Emmy, o Oscar da TV americana, foi protagonizada ontem à noite por Tom Bergeron e Heidi Klum. Veja a foto acima e imagine o seguinte diálogo:

Bergeron: “Vou dar uma aula bem curta sobre cinema: isso é drama.”

Daí ele abre os braços e deixa a modelo Heidi Klum se esborrachar no chão.

“E isso é comédia.”

Uma zapeada rápida pelo Emmy:

Paul Giamatti - Mark J. Terrill/AP Photo

1. Os grandes vencedores da noite foram as séries ‘Mad Men’, sobre a revolução da publicidade americana nos anos 60, e ‘John Adams’, minissérie histórica sobre o segundo presidente dos Estados Unidos. Não vi nenhuma das duas, mas acho que ‘Mad Men’ deve ser mais interessante. Não sei se eu conseguiria segurar o riso vendo um cara neurótico como Paul Giamatti (acima) interpretando um personagem de época, todo engomadinho, com aquelas roupinhas, peruquinhas, etc.

Robyn Beck/AFP Photo

2. Uma série que eu acho muito legal não ganhou nenhum prêmio: ‘Lipstick Jungle’, com Brooke Shields (acima, linda desde menininha), Kim Raver e Lindsay Price. Também baseada em livro da Candice Bushnell (Sex and the City), a série exibida pela Fox conta a vida de três mulheres ricas, maravilhosas, descoladas… Não, não é igual a Sex and the City com uma mulher a menos. Para falar a verdade, elas estão mais parecidas com o Mr. Big. São mulheres um pouco mais velhas que a turma da Carrie, não sonham com o homem ideal (já sabem que isso não existe), tem amantes, são mesquinhas e falam mal de todo mundo pelas costas. Pensando bem, é mais ou menos como Sex and the City daqui a alguns anos.

Lucy Nicholson/Reuters

3. Eu adoro a Tina Fey. E os críticos americanos também, pelo jeito, já que a série estrelada por ela e Alec Baldwin, ’30 Rock’, ganhou os principais prêmios de comédia. Tina não é apenas uma atriz engraçada, mas uma roteirista sensacional – ela também ganhou o Emmy por um roteiro que escreveu, o episódio ‘Cooter’. Não sei se você concorda, mas uma mulher tão inteligente e bem-humorada nem precisa ser tão linda assim para conquistar. E olha que ela ainda é…

Recount - Kevin Spacey e Laura Dern

4. O filme ‘Recount’ teve 11 indicações e levou o prêmio de melhor filme para TV – muito merecido, pois é muito legal. O filme é uma mistura muito bem feita de ficção/documentário sobre a eleição presidencial americana que deu a vitória a George W. Bush contra Al Gore (ainda esse assunto? Pois é). ‘Recount’ fala especificamente da estranha eleição na Flórida, estado governado pelo irmão de Bush, que teve problemas na contagem dos votos… e por aí vai. O filme é estrelado por Kevin Spacey, Dennis Leary, Laura Dern, enfim, é para a TV, mas tem elenco de Hollywood.

Beverly Hills 92010

5. Durante os comerciais da transmissão ao vivo do Emmy, descobri que está prestes a estrear um remake da série ‘Barrados no Baile’ (Beverly Hills 90210). Lembra? Eu não.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.