100 dias de Barack Obama na presidência

Estadão

29 de abril de 2009 | 16h22

AP-AE

Apesar de enfrentar uma crise econômica gigantesca, uma possível epidemia de gripe suína e alguns probleminhas em todos os cantos do mundo, eu confesso que gostaria de ser Barack Obama. Por uma simples razão: ele é O cara.

O editor de Internacional de O Estado de S. Paulo, José Eduardo Barella, explica melhor.