Um vento para matar as saudades
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Um vento para matar as saudades

Bia Reis

05 Fevereiro 2013 | 10h00

Como transpor a barreira da distância e estar perto de quem a gente gosta?

O mineiro Pedro Kalil Auad estreia na literatura com uma obra que responde a questão. Mas não a esgota.

O Menino Que Queria Virar Vento conta a história de um garoto que tinha uma amiga que morava muito longe – tão longe que pés normais nunca poderiam alcançar e aonde asas normais também seriam incapazes de levar. Ele fecha os olhos e, com suavidade, se imagina virando vento, se dissolvendo.

As ilustrações da artista plástica Luisa Helena Ribeiro dialogam intensamente com o texto de Auad. A estratégia de Luisa para retratar o menino sumindo, se diluindo, é poética e encanta crianças e adultos.

Uma delícia para ler e reler.

Serviço
Escritor:  Pedro Kalil Auad
Ilustradora: Luisa Helena Ribeiro
Editora: Aletria
Preço: R$ 41,50