Sobre o amor incondicional da maternidade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Sobre o amor incondicional da maternidade

Em 'A Mãe Que Chovia', os portugueses José Luís Peixoto e Daniel Silvestre da Silva mostram como a relação entre mãe e filho se transforma com o passar do tempo

Bia Reis

08 de maio de 2016 | 08h24

Neste Dia das Mães, escolhi um livro lindíssimo que fala do amor incondicional.

O poético A Mãe Que Chovia, recém-lançado pela Companhia das Letrinhas, é o primeiro infantil do escritor português José Luís Peixoto, autor de Livro, Dentro do Segredo e Galveias, os três publicados no Brasil. As ilustrações são do também português Daniel Silvestre da Silva.

Aqui, a chuva é a mãe do protagonista da história, um menino solitário. Os dois se conhecem profundamente e compartilham o tempo e o amor.

Juntos, os dois trocavam tardes de domingo, descansos, beijinhos e outras coisas mornas de mães e filhos. Enchiam a barriga de bricadeiragem. Apostavam corrida, brincavam de esconde-esconde e de um jogo secreto chamado ‘Você não tem nada a ver com isso’.”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A mãe ajudava o filho com as coisas simples do dia a dia: a lição de casa, os cabelos, a dormir.

A relação dos dois se modificava conforme seguiam as estações do ano. No verão, chovia em locais distantes. Longe, sentia saudades e parte de seus pingos eram suas lagrimas que escorriam. Distante, o filho também sentia falta da mãe.

Mas quando o outono chegava, lá estava ela de volta. E o encontra diferente, crescido, com pouca vontade de brincar e mais arisco. E isso se repetia. Inúmeras vezes.

Um dia, a chuva volta, e o filho lhe diz que não acreditava mais nela. Profundamente triste, a mãe neva.

A relação cíclica dos dois se modifica, e a mãe, pacientemente, tenta resgatá-la. O desfecho é pura poesia.

Em preto e verde, as ilustrações estão em perfeita sintonia com as palavras; elas retratam e aprofundam a melancolia.

O livro é de múltiplos ritmos: no início, se apresenta com mais suavidade, como a relação da mãe com o filho, e vai ganhando força e intensidade conforme a história se desenrola.

Serviço
A Mãe Que Chovia
Escritor: José Luís Peixoto
Ilustrações: Daniel Silvestre da Silva
Editora: Companhia das Letrinhas
Preço médio: R$ 35