Mamãe foi trabalhar, mas eu sei que ela me ama
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Mamãe foi trabalhar, mas eu sei que ela me ama

Bia Reis

09 Julho 2012 | 09h30

Deixar os filhos em casa e sair para trabalhar pode ser um drama para muitas mães e filhos, mas para a família retratada em Mamãe Foi Trabalhar não é. No livro, o escritor Kes Gray trata do assunto a partir do ponto de vista da criança, que passa o dia longe da mãe, mas sabe que ela voltará para fazer as coisas que eles mais gostam: estar juntos e brincar.

O garotinho conta: Mamãe foi trabalhar, mas sei que ela me ama, que ela pensa em mim o tempo todo e adoraria estar aqui. Como sei? Porque ela sempre volta para casa, brinca comigo e diz que me ama muito!

Com bom humor, Gray mostra que o distanciamento pode ser tranquilo quando pais e crianças estão seguros. A ideia de falar sobre o assunto partiu da mulher do escritor, Claire, que sofria quando saía para trabalhar. “O livro é uma mensagem para mães como a Claire. Parem de se preocupar. Suas crianças estarão bem”, diz o autor, em seu site.

Gray foi citado pelo jornal The Independent como um dos dez mais importantes autores para crianças do Reino Unido.

Serviço
Mamãe Foi Trabalhar
Escritor: Kes Gray
Ilustrador: David Milgrim
Editora Globo
Preço: R$ 28