Livro-imagem ‘A Bruxa e o Espantalho’: a arte surrealista do mexicano Gabriel Pacheco
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Livro-imagem ‘A Bruxa e o Espantalho’: a arte surrealista do mexicano Gabriel Pacheco

O autor parece retratar sonhos - ou uma mistura de sonho e realidade, difícil de distinguir. Com um traço inconfundível, se apropria de uma paleta de cores frias, escuras, quase tristes

Bia Reis

05 de maio de 2014 | 14h00

O artista mexicano Gabriel Pacheco, radicado em Buenos Aires, na Argentina, parece retratar sonhos em suas ilustrações. Ou uma mistura de sonho e realidade, difícil de distinguir os começos e os fins. Com um traço inconfundível, Pacheco costuma se apropriar de uma paleta de cores frias, escuras, quase tristes.

O trabalho do mexicano está de volta ao Brasil no belíssimo livro-imagem A Bruxa e o Espantalho, recém-lançado no País pela editora Jujuba. Aqui, Pacheco conta a história de uma bruxa que, diferentemente das demais, voa pelo céu em um triciclo. Certa vez, ao brincar com um passarinho, ela despenca e, criticada pelas outras bruxas, passa a viver na terra, mas sempre de olhos no céu. Um espantalho que vive a observar a bruxa, em um gesto de altruísmo, se desfaz.

O mexicano já esteve nesta Estante de Letrinhas em O Homem de Água e Sua Fonte, da editora SM, lançado no Brasil em outubro de 2012. Clique aqui para ler.

Pacheco estará no Brasil na próxima semana para participar do Conversas ao Pé da Página, que ocorrerá no Sesc Pinheiros, em São Paulo. Ele vai compor a mesa O Papel da Ilustração na Formação do Leitor, com Renato Moriconi e Anna Castagnoli.

** Gostou? Compartilhe! Siga o blog Estante de Letrinhas no Facebook

Atualizada às 17h28

Tudo o que sabemos sobre:

editora jujubaGabriel Pachecolivro-imagem

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.