Leitura para bebês e crianças pequenas
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Leitura para bebês e crianças pequenas

Este foi o tema que abordei na coluna desta terça-feira na Rádio Estadão; aqui você encontra informações sobre o Literatura de Berço e alguns livros legais para crianças pequeninas

Bia Reis

30 de junho de 2016 | 18h55

Daniela Padilha mostra livro para Luna, filha de Camila Carrossine, no Parque da Água Branca

Daniela Padilha mostra livro para Luna, no Parque da Água Branca

A coluna Estante de Letrinhas desta terça-feira na Rádio Estadão foi sobre leitura para bebês e crianças pequenas. Quem perdeu e quer ouvir, clique aqui. Prometi subir aqui no blog duas coisas: informações sobre o Literatura de Berço, projeto de leitura para mães e bebês, e algumas sugestões de livros.

Vou começar pelo Literatura de Berço. A ideia é reunir mães e seus bebês em um encontro cultural, com leitura e contato com autores. As mulheres aproveitam para ler e compartilhar experiências da maternidade enquanto os bebês são colocados em contato com outras crianças e histórias. A proposta, claro, não é que os bebês entendam a história (nem precisava dizer, né?), mas que estejam num atmosfera de valorização do livro.

Os encontros ocorrem em dois lugares: na Casa das Rosas, na Avenida Paulista, a cada 15 dias, e na Casa de Cultura Carlos e Diva Pinho, no Pacaembu, zona oeste. Na Casa das Rosas, o próximo evento será no dia 13 de julho, das 14h30 às 16h30, com o tema Literatura Fantástica – O Boto Cor-de-Rosa e os Sons das Águas. Cassia Bittens apresentará a lenda do boto e a pianista Giovanna Puerto Carlin mostrará os sons de mares, rios e oceanos para os bebês. As inscrições devem ser feitas pelo telefone 3285-6986. Há limites de vagas. Para conhecer um pouco mais do Literatura de Berço, acesse o site (clique aqui).

Outro projeto que reúne famílias, bebês e livros é o Espaço de Leitura, no Parque da Água Branca, zona oeste de São Paulo. No dia 30 de julho, Literatura de Berço e Clara Dum levarão para o local o projeto Poesia e Música para Mães e Bebês de até 15 Meses, com poemas da escritora Tatiana Belinky. Entre uma leitura e outra, a musicista Clara Brum tocará flauta e violão. Não é preciso fazer inscrição prévia, basta aparecer.

Estante de Letrinhas no Facebook: Curta!
E também no Twitter: Siga!

Agora vamos para os livros. Como disse na coluna, para os bebês pequeninos podemos ler qualquer tipo de texto – aproveite para resgatar escritores que você gosta, conhecer novos autores e livros! O que vale é o aconchego, o carinho, o jeito de ler, o afeto. Para bebês maiorzinhos, a partir dos 4 meses, você pode variar mais e até mesmo procurar livros de pano e plástico para eles pegarem, sentirem e, sim, levar à boca.

Ah se você por um acaso ainda acha perda de tempo ler para bebês e crianças muito pequenas, vale a pena ler este texto aqui, que postei há quase dois anos, quando a Academia Americana de Pediatria colocou nas diretrizes que dá aos profissionais a recomendação de conversar com os pais, durante as consultas, sobre leitura, além de questões de alimentação e higiene.

Aqui estão alguns títulos que gosto muito:

pedebicho

Pé-de-Bicho
Márcia Leite e Joãocaré (Editora Pulo do Gato)
Este livro lança mão de animais e sequência numérica para despertar a curiosidade da criança. A cada página dupla, novos bichos entram em cena e se reúnem em uma grande árvore, convidando o leitor a procurá-los.

 

papagaio

Agora, Papagaio?
Gilles Eduard (Editora Jujuba)
A estrutura deste livro é semelhante da de Pé-de-Bicho. Brinca com a sequência numérica e estimula a participação do leitor. “O que você está vendo, papagaio?” é a deixa para surgirem objetos em quantidade crescente.

 

macaco-danado

Macaco Danado
Julia Donaldson e Axel Scheffter (Editora Brinque-Book)
Nesta história, um filhote de macaco sai à floresta em busca de sua mãe. Ele pergunta para os animais que encontra onde está a mãe e dá características que deixam os outros bichos confusos.

 

eugrande

Eu Grande, Você Pequenininho
Lilli L’Arronge (Editora Companhia das Letrinhas)
O que pais e filhos gostam de fazer juntos? Este livro fala da relação de pai e filho, sob a perspectiva do adulto. Um carinho só!

 

formas

Formas
PatrickGeorge (Editora Carochinha)
Qual é o trajeto que uma caixa faz para chegar até as mãos do destinatário? Este livro conta, por meio de imagens e algumas palavras, esta história. Para crianças que já reconhecem cores e formas geométricas. No meio de cada página dupla há um papel transparente que coloca na narrativa um novo objeto.

 

O-Que-E-O-Que-E-E-um-Gato-Guido-Van-Genechten

É Um Gato
Guido van Genechten (Editora Global)
Neste livro, o leitor não virará as páginas como estamos acostumados, pois ele abre como uma sanfona. Outra diferença é que não há texto, apenas imagens, o que proporciona uma “leitura” diferente. A cada abertura da “sanfona” surge um novo pedaço do desenho, estimulando a criança a adivinhar o que é.

Por fim, um agradecimento à Daniela Padilha, editora da Jujuba, que tem feito rodas de leitura no Parque da Água Branca e gentilmente cedeu a foto que abre este post, e à Camila Carrossine, mãe da bebê Luna.

Tudo o que sabemos sobre:

Rádio Estadão

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: