Fundação lança catálogo com produção de literatura infantojuvenil do Brasil
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Fundação lança catálogo com produção de literatura infantojuvenil do Brasil

Criado para a Feira de Bolonha, material da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) mostra obras publicadas em 2014 e pode ajudar os interessados a selecioná-las

Bia Reis

23 Março 2015 | 20h01

fnlij-catalogo550

A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), seção no Brasil do International Board on Book for Young People (IBBY), acaba de divulgar o catálogo que apresenta a produção da literatura brasileira de 2014 para a Feira de Bolonha deste ano, que ocorre na próxima semana, na Itália.

No total, foram escolhidos 187 livros entre 617 títulos enviados pelas editoras para a FNLIJ até setembro de 2014. Eles estão separados nas seguintes categorias: Crianças (48 títulos), Jovens (42), Não Ficção (23), Poesia (29), Livro sem Texto (2), Drama (2) e Reconto (23).

O catálogo oferece uma boa mostra da literatura infantojuvenil produzida no ano passado e pode ser usado como ponto de partido para a seleção de obras. Afinal, que não fica perdido ao entrar em uma livraria sem um título em mãos ou um autor na cabeça?

Entre os livros selecionados, muitos estiveram nesta Estante de Letrinhas, como As Aventuras do Gato Marquês, de Ieda de Oliveira e Lúcia Brandão (editora Globo); Impressão das Coisas, de Mirella Mariano e Renata Bueno (Companhia das Letrinhas); Mel na Boca, de André Neves (Cortez); Orie, de Lúcia Hiratsuka (Pequena Zahar); A Poesia da Primeira Vez, de Stella Maris Rezende e Laurent Cardon (Globo); Três Tigres Tristes, de Fernando Vilela e Nina Barberi (Brinque-Book); Como Uma Carta de Amor, de Marina Colasanti (Global); Entre Rios, organizado por Maria José Silveira, com ilustrações de Roger Mello (FTD); Aula de Samba: A História do Brasil em Grandes Sambas-Enredo, de Maria Lucia Rangel, Tino Freitas e Ziraldo; A Luta Contra Canudos, de Daniel Esteves (Nemo); O Voo de Vadinho, de Álvaro Faleiros e Fernando Vilela (Pequena Zahar); e Minimaginário de Andersen, de Katia Canton e Salmo Dansa (Companhia das Letrinhas), entre tantos outros.

A capa do catálogo é do escritor e ilustrador Roger Mello, vencedor em 2014 do Prêmio Hans Christian Andersen, o mais prestigioso da literatura infantojuvenil mundial, anunciado em Bolonha. Para homenageá-lo, a FNLIJ dedica a ele 17 páginas do material. Há perfil, depoimento, relação de livros apresentados na disputa, lista das obras já publicadas e relato do júri da premiação.

O catálogo, em inglês, pode ser baixado

Documento

.

Mais conteúdo sobre:

FNLIJ