Coisas para Deslembrar, de Alexandre Rampazo: livro ilustrado para leitor de todas as idade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Coisas para Deslembrar, de Alexandre Rampazo: livro ilustrado para leitor de todas as idade

Conhecido na literatura infantil, autor paulistano se reinventa com narrativa ilustrada lírica; livro também marca o lançamento da Coleção PB, da Editora Caixote, e a estreia de Odilon Moraes como editor

Bia Reis

11 de dezembro de 2021 | 16h00

Capa do livro ‘Coisas Para Deslembrar’, lançamento do selo O Tal, da Editora Caixote. Crédito: Bia Reis

Coisas para Deslembrar é uma obra de muitas estreias.

Apresenta uma nova faceta do autor paulistano Alexandre Rampazo, escritor e ilustrador com quase 70 livros publicados, classificados como literatura infantil, ou literatura para a infância, ou outra denominação que possamos dar.

Coisas para Deslembrar é um livro ilustrado, tipo de obra em que imagens e palavras se relacionam de maneira íntima e é frequentemente produzido para crianças. Mas, desta vez, Rampazo cria para um leitor sem idade. E o instiga. Demanda tempo, espaços, respiros. Entrega uma narrativa lírica, poética, inspiradíssima.

Contracapa do livro ‘Coisas Para Deslembrar’. Crédito: Bia Reis

Como nossa memória, que recorda dos fatos vividos mas também teima em esquecê-los, Rampazo ora cobre as palavras com tarjas pretas ora as revela, nos sucessivos virares de páginas. Como se a personagem recordasse do que viveu, esquecesse, lembrasse de novo, num vai e vem labiríntico em que se pode confundir realidade com imaginação. Sabemos.

Nas páginas duplas, o autor coloca à esquerda as imagens e à direita as palavras. Faz sua personagem, uma mulher já vivida, em frente a uma parede com fotografias. Lá estão duas meninas na balança, um menino com uma câmera nas mãos, uma escada, uma família. No paralelo, as palavras, com tarjas, se descortinam, conversam com as ilustrações.

Em imagem interna, mulher observa fotos da vida em quadros na parede. À direita, tarjas pretas cobrem parte do texto. Crédito: Bia Reis

Coisas para Deslembrar marca também o lançamento da Coleção PB, do selo O Tal, que reunirá picture books em preto e branco que “privilegiem poucas palavras e boas histórias”, na definição da Editora Caixote, que encampa a singular empreitada. Ainda é pouco comum a publicação de livros ilustrados em PB, especialmente porque eles são comumente produzidos para crianças, e o mercado insiste que elas exigem cores.

Conforme o livro avança, texto vai sendo descortinado. Crédito: Bia Reis

Por fim, a obra traça outra estreia ímpar: a de Odilon Moraes como editor. Conhecido, reconhecido e premiado escritor, ilustrador e pesquisadora de literatura e do livro ilustrado, Odilon aceitou o convite de Isabel Malzoni, editora da Caixote, para abraçar e idealizar a coleção PB. E Coisas para Deslembrar é apenas o primeiro.

Para quem estiver em São Paulo neste fim de semana, o lançamento de Coisas para Deslembrar será no domingo, 12, das 11h às 14h, na Livraria Travessa (Rua dos Pinheiros, 513).

.

Rampazo já esteve muitas vezes nesta Estante de Letrinhas. Para conhecer mais sobre sua obra, acesse:

Alexandre Rampazo e seu ‘Pinóquio – O Livro das Pequenas Verdade’ (junho de 2019)

‘Se Eu Abrir Essa Porta Agora…’ ( maio de 2019)

Empatia, palavra que une livro e criança (outubro de 2017)

A solidão do lobo mau (agosto de 2016)

Morte, magia e delicadeza em ‘A Princesa e o Pescador de Nuvens’ (setembro de 2014)

 

Serviço

Coisas para Deslembrar

Autor: Alexandre Rampazo

Coleção PB, do Selo O Tal, da Editora Caixote

Preço: R$ 54 (capa dura)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.