Clube de Leitura Quindim completa 5 anos com 180 mil obras entregues e lança buscador gratuito de livros
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Clube de Leitura Quindim completa 5 anos com 180 mil obras entregues e lança buscador gratuito de livros

Serviço será destinado a todos os leitores, assinantes ou não assinantes do Clube; conheça as outras novidades

Bia Reis

24 de novembro de 2021 | 08h00

Capivara Quindim em várias cenas do cotidiano. Ilustrações de Graça Lima. Crédito: Divulgação

 

Em cinco anos de vida, o Clube de Leitura Quindim entregou 180 mil exemplares de livros para leitores e leitoras de todos os estados brasileiros. Foram 472 títulos escritos e ilustrados por 475 autores e publicados por 86 diferentes editoras. A maior parte dessas obras é brasileira, e as crianças e os adolescentes também tiveram acesso a livros de 25 outros países. Mas, muito além do que os números indicam, o Quindim selecionou e fez chegar às famílias algo muito precioso: literatura de altíssima qualidade.

“Presamos muito pela bibliodiversidade (diversidade cultural do mundo do livro) e queremos – e estamos conseguindo – sair da bolha, conversar com pessoas diferentes, de muitos lugares, e fazer as pontes”, conta Renata Nakano, idealizadora e diretora-geral do Clube de Leitura Quindim.

Capivara Quindim: nova mascote do clube. Ilustração de Graça Lima. Crédito: Divulgação

 

Em um país onde pouco se lê – segundo a pesquisa Retratos da Leitura do Brasil divulgada em 2020, 52% dos brasileiros dizem ter lido uma parte ou um livro inteiro três meses antes do levantamento –, sair da bolha é um feito. “Estamos alcançando as famílias em um projeto que não tem caráter escolar, que trata a leitura e a formação do leitor por meio do afeto e não da performance e da leitura como obrigação, que entrega obras de muita qualidade literária.” E isso faz toda diferença quando a preocupação é formar leitores.

Vinte e seis pessoas fazem parte do conselho curador do clube Quindim, responsável pela escolha das obras enviadas. Entre eles estão autores, como Ana Maria Machado, Ziraldo, Marina Colasanti, Loyola Brandão, Daniel Munduruku, Renato Moriconi, Odilon Moraes, Ricardo Azevedo e Flávia Bonfim, entre outros, e também especialistas em literatura infantil, como Marisa Lajolo, Marina Vidigal e Peter O’Sagae. Desde o início do clube, eu também integro esse grupo.

São inúmeras as novidades que marcam os cinco anos do clube, e a principal delas é o lançamento, em 1 de dezembro, de um incrível serviço gratuito de busca de livros, que começa a funcionar junto com o novo site.

Os filtros permitirão ao interessado selecionar obras por:

– Palavra-chave;

– Assunto;

– Faixa etária;

– Tipo de leitura (para se divertir, sentir medo, se emocionar, refletir, falar de assuntos difíceis);

– Gênero da literatura infantil (álbum ilustrado, história em quadrinhos, texto teatral, romance ou novela);

– Escritor;

– Ilustrador;

– Tradutor;

– Editora;

– Prêmios;

– Competências gerais da Base Nacional Curricular Comum (BNCC).

Em cada obra, o interessado encontrará uma resenha assinada por especialistas em literatura infantil, biografia dos autores e autoras e perfil da editora. Entre os especialistas estão Aline Frederico, Peter O’Sagae, Camila Werner, Dauana Vale e Lucélia Martins. “Escolhemos resenhistas diversos para termos diversidade de olhares”, diz Renata.

Neste primeiro momento, entrarão no buscador todos os livros já distribuídos pelo clube, e novos passarão a fazer parte do serviço conforme forem sendo enviados. Famílias, professores e demais interessados poderão criar listas dos livros salvos para consultar quando quiser.

As outras novidades do clube são:

Novo mascote

Capa do material A história de uma capivara chamada Quindim, por Graça Lima. Crédito: Divulgação

 

Outra novidade é a chegada de uma nova mascote: sai o rinoceronte, entra a Capivara Quindim. “A mudança tem a ver com a maneira como enxergamos o mundo. A capivara é um bicho brasileiro e, quando se torna mãe, conta com uma rede de apoio. Elas fazem amamentação compartilhada, cuidam dos filhotes umas das outras em uma espécie de creche. Vivem tanto no Pantanal quanto no Rio Tietê, são pacíficas e convivem até com seu predador, o jacaré. No clube, a maior parte do nosso público é mulher, é mãe. Queremos acolhê-la e não trabalhar com a culpa”, diz Renata.

Guia para as famílias

Após levantar as principais dúvidas e queixas dos assinantes, o clube criou um guia para pais e mães, para ajudá-los a ler para seus filhos de acordo com a faixa etária. Entre os temas abordados estão, por exemplo, como ler para os bebês?, livros para bebês precisam ser interativos?, e se meu filho ficar com medo de livros assustadores? e se meu filho estragar o filho? O material também é gratuito e pode ser acessado por assinantes e não assinantes.

Diário do Leitor e Mapa da Leitura

Diário do Leitor Quindim com nova cara. Capivara de Anabella López. Crédito: Divulgação

 

Dois materiais produzidos pelo Quindim ganham nova cara nessas comemorações.

O Diário do Leitor, idealizado para as crianças leitoras, agora tem uma forma mais interativa, se assemelhando a um planner. Mês a mês, leitores e leitoras poderão escrever nas páginas do diário, desenhar, fazer listas, dizer como se sentem.

Outro material com novidades é o Mapa da Leitura, idealizado para os pais ou adulto mediador. Ele serve como uma espécie de guia de leitura, com sugestões de reflexões e abordagem e informações sobre a obra e o autor.

Com a remodelagem do Diário e do Mapa, eles passam a se conectar. O Diário passa a ter um espaço para que o jovem leitor cole o Mapa, criando, assim, uma espécie de álbum de recordações da leitura na infância.

Tudo o que sabemos sobre:

Clube Quindim

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.