Check-in na casa do Menino Maluquinho
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Check-in na casa do Menino Maluquinho

Bia Reis

03 de julho de 2012 | 12h21

Se fazemos check-in em lugares reais, por que não fazê-los no País das Maravilhas, na Baker Street, na casa do Menino Maluquinho? Essa é a proposta da Livraria da Vila, que relança nesta semana o aplicativo Imaginaria, desenvolvido pela agência JWT.

Além de fazer check-in em lugares citados nos livros, o usuário pode compartilhar o que está lendo e publicar comentários. O app faz também a ponte com amigos já cadastrados no Facebook e no Twitter. O usuário ganha pontos a cada check-in, lugar visitado ou livro cadastrado. Com isso, o Imaginaria monta rankings: livros mais lidos, pessoas que mais leem etc. É possível descobrir, por exemplo, quais livros seus amigos mais indicam e quais os cadastrados em geral sugerem.

A ideia do app surgiu da experiência pessoal de Angela Bassichetti, diretora de criação da JWT, que adora ler e jogar jogos online com a filha Nina, de 6 anos. “Crianças adoram repetição e, por isso, passei a ‘visitar’ os mesmo locais com frequência. Como hoje adoramos compartilhar tudo – o que comemos, o que vemos na TV, para onde viajamos -, pensei: por que não compartilhar também o que lemos?”, conta. A leitura, normalmente um hábito solitário, pode ser compartilhada, diz Angela. “A proposta é modernizar a leitura, utilizar a tecnologia para atrair os jovens.”

A primeira versão do app foi lançada em abril e, sem muita divulgação, alcançou perto de 2 mil usuários. A ideia era testar a navegação e fazer os ajustes necessários. Agora, a Livraria da Vila e a JWT fazem o lançamento oficial. O Imaginaria está disponível na Apple Store.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.